Leonardo Valle

As mudanças climáticas impactam na fome do mundo, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). Tanto a produção de alimentos quanto seu acesso são dificultados pelas variações extremas de temperatura em todo o globo.

Contudo, ações individuais podem ajudar a reduzir o impacto do superaquecimento e colaboram para que todos tenham acesso a alimentos nutritivos e seguros. Conheça as dicas da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) para que cada um faça a sua parte. 

1. Reduza o consumo de carne

Diversos recursos naturais são usados ​na produção de carne, principalmente a água. Além disso, milhões de hectares de floresta tropical são devastados para transformar terras em pastagens e campos para o gado. Por esse motivo, a FAO recomenda refeições vegetarianas pelo menos uma vez na semana. Para isso, uma dica é consumir leguminosas, como lentilhas, feijões, ervilhas e grão-de-bico, que são ricas em proteína. 

2. Não desperdice comida

A FAO estima que um terço dos alimentos produzidos no mundo podem ser desperdiçados. Jogar comida no lixo representa ainda desperdício de recursos usados em sua produção, como água, mão de obra e transporte. Contra o problema, a sugestão é programar as refeições da semana e fazer listas de compra, evitando levar para casa itens além dos necessários. Vale ainda congelar sobras das refeições, reaproveitar alimentos em outros pratos, acompanhar a validade dos alimentos pelos rótulos e não recursar verduras, frutas e legumes apenas por sua aparência. Muitos, apesar de “feios”, estão aptos para o consumo.

3. Utilize menos água

A água é um elemento básico utilizado na produção de alimentos. Além de ser indicada a redução do consumo de água por agricultores nas lavouras, o consumidor final também pode ajudar a preservar esse recurso no seu dia a dia, reduzindo o tempo no banho ou fechando a torneira ao escovar os dentes, por exemplo. Para se ter uma ideia, são necessários 50 litros de água para produzir apenas uma laranja.

4. Descarte corretamente eletrônicos e medicamentos

Os solos e os lençóis freáticos podem ser facilmente contaminados por elementos químicos presentes em itens como baterias, tintas, telefones celulares, medicamentos, produtos químicos, fertilizantes, cartuchos de tinta etc. Com isso, danificam os recursos naturais que produzem os alimentos. Contra o problema, não jogue tais produtos em lixos domésticos, dando a cada um deles o destino correto. Vale ainda investir na reciclagem do plástico. Estima-se que um terço de todo o material produzido globalmente acabe nos solos.

5. Consuma produtos locais

Ao dar preferência a produtos produzidos próximo à sua cidade, você apoia agricultores familiares e pequenas empresas em sua comunidade. Para completar, consumir alimentos locais pode ajudar a combater a poluição, reduzindo as distâncias de entrega de caminhões e outros veículos.

Com ONU Brasil

Veja mais:
Cartilha ensina consumidores de São Paulo a economizarem na conta de luz e de água
Conheça quatro benefícios de não comer carne um dia na semana
Publicação online reúne dicas para compostagem de lixo

Crédito da imagem: Zbynek Pospisil – iStock

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz

Talvez Você Também Goste

Notícias

Fome, desperdício de alimentos e epidemia de obesidade são temas de websérie sobre alimentação

“O que você vai comer amanhã?” está disponível gratuitamente e reúne especialistas internacionais

há 5 meses
Notícias

Aumento de desemprego e pobreza apontam retorno do Brasil ao Mapa da Fome

“Lei do teto dos gastos e corte em programas sociais agravaram o problema”, diz pesquisador

há 1 ano
Notícias

Websérie destaca importância das unidades de conservação por meio da história de seus moradores

Objetivo é conscientizar turistas e mostrar relação entre área protegida Costa dos Corais e comunidade

há 3 dias
Notícias

Brasil protegeu 5,7 milhões de crianças do trabalho infantil, aponta relatório da Unicef

Documento também avaliou outros avanços e desafios dos direitos fundamentais de meninas e meninos

há 4 dias

Receba NossasNovidades