Leonardo Valle

A empresa Google e a organização não governamental (ONG) feminista Think Olga se uniram para ajudar no combate ao assédio e importunação sexual no carnaval. Ao falar “Ok Google, como reportar assédio sexual” para o Google Assistente, o smarthphone apresentará os contatos da Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (180), da polícia militar (190) e o site da Think Olga com informações sobre o tema.

O Google Assistente está disponível para modelos operacionais Android e iPhone. Para utilizar a ferramenta, basta manter o botão home pressionado nos smartphones Android compatíveis, ou baixar o aplicativo do assistente na App Store do iOS.

Segundo a Think Olga, o assédio sexual é uma manifestação de cunho sensual ou sexual alheia à vontade da pessoa a quem se dirige. Em 2018, a aprovação da Lei de Importunação Sexual (13.718) tornou o ato crime e passível de punição quando cometido por qualquer pessoa e em qualquer espaço público.  Anteriormente, a Constituição apenas protegia a mulher quando o crime acontecia no ambiente de trabalho.

No carnaval, o assédio e a importunação sexual podem se caracterizar de diversas formas. “Exemplos práticos desta conduta são: beijar alguém à força; passar a mão; ‘encoxar’ no ônibus ou no metrô e cantadas invasivas”, explica o site da ONG.

Com Estadão

Veja mais:
Aplicativo para celular combate agressões contra mulheres no Piauí
Site orienta vítimas que tiveram imagens íntimas divulgadas na internet
Mulheres vítimas de violência contam com apoio de profissionais da beleza

Crédito da imagem: dabldy – iStock

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz

Talvez Você Também Goste

Notícias

PIB e produção mundial serão afetados até 2050 por escassez de água, alerta ONU

Relatório aponta que mais de dois bilhões de pessoas sofrem com a falta do recurso

há 4 dias
Notícias

Em vídeo, cientistas debatem ameaças aos oceanos

Segundo especialistas, mudanças climáticas e poluição por microplástico estão entre os principais problemas

há 6 dias
Notícias

Sem mudança, novos crimes ambientais como Brumadinho ocorrerão, alertam especialistas

Fiscalizações de mineradoras sofrem com conflito de interesses, falta de técnicos e critérios subjetivos

há 1 semana
Notícias

Campanha Armadas de Informação disponibiliza conteúdos sobre feminicídio nas redes sociais e internet

Materiais abordam impacto do desarmamento no assassinato de mulheres

há 1 semana

Receba NossasNovidades