Faça o download do podcast

Marcelo Abud

No livro “Dicas de ecologia doméstica”, que pode ser baixado gratuitamente, o jornalista, consultor ambiental e professor universitário Maurício Waldman reúne doze textos, em linguagem direta, originalmente publicados por ele no biênio 2009-2010 para a coluna “Ecologia doméstica”, na Revista Ambiente Urbano. Segundo o autor, ouvido pelo Instituto NET Claro Embratel, “o lar é o espaço de resistência frente a um universo de valores que endossa o desequilíbrio enquanto regra”.

Neste sentido, mudanças de hábito são fundamentais para um comportamento que colabore com a proteção do meio ambiente. São atitudes que resguardam os recursos naturais, estimulam a reutilização dos rejeitos, reduzem os volumes dos descartáveis, fixam usos responsáveis da água e resultam em economia de energia. Não é a toa que as palavras ecologia e economia têm a mesma raiz. “Economia vem do grego, ‘oikos nomos’, que quer dizer ordem da casa. ‘Oikos logos’ (ecologia) também vem do grego e significa estudo da casa. Uma economia pra ser economia de verdade tem de ser ecológica e a ecologia tem de ser econômica também”, explica o professor.

No podcast, Waldman destaca uma particularidade negativa, especificamente sobre o Brasil. Para ele, é espantoso que a economia do país esteja estagnada e ainda assim o volume de lixo continue crescendo. “Nós tivemos uma retração profunda a partir de 2014, mas, surpreendentemente, enquanto a população cresceu 0,8%, o volume de lixo foi acrescido em 1,7%. Isso quebra a lógica de que quanto mais rico for um país, mais lixo ele produz.”

Ele ainda fala da importância na redução do consumo de energia e água, com dicas que envolvem o banho e a lavagem de roupa, por exemplo. Também traz um panorama do que chama de “embalamento”, um excesso no uso de plásticos e outros materiais em feiras e no comércio em geral. “Na ecologia doméstica, o cidadão é como se fosse um pé de um banquinho sustentado em três pernas. Os outros são o Estado e a sociedade. Não adianta só o cidadão fazer a parte dele, mas é importante que faça, mesmo se os outros dois não fizerem o que lhes cabem”, conclui.

Para agir:
Outras atitudes também podem ser importantes para colaborar com a proteção do meio ambiente. Confira o material sobre a prática da compostagem doméstica produzido por Maurício Waldman.

Créditos:
As músicas utilizadas na edição do podcast, por ordem de entrada, são: “São Paulo, São Paulo” (Premê); “Semente” (Armandinho, Esdras Frederico Rodrigues Costa e Regis Antonio Leal), com Armandinho; e “Nova Geração” (Rádio Táxi). A música de fundo é de Reynaldo Bessa.

Crédito da imagem principal: artisteer – iStock

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz

Receba NossasNovidades