Ideias aparentemente simples podem trazer grandes resultados. Foi o caso do Cine Circular em 2017. Com o apoio do Governo do Distrito Federal e da Secretaria de Cultura, através da Lic – Lei de Incentivo à Cultura e com o incentivo e patrocínio das empresas NET e Claro, foi possível viabilizar e proporcionar para a população do Distrito Federal, acesso à cultura, cidadania e entretenimento de qualidade.

O Cine Circular, literalmente, circulou por cinco cidades satélites e pelo Plano Piloto, levando cinema, música, teatro e muita diversão, regados a pipoca e refrigerante. O projeto Cine Circular é um evento único, social, democrático e popular. Se tornou um mecanismo de acessibilidade, levando ao público uma experiência que, para ele, parecia muito distante, com uma proposta inovadora que deu certo, ficando na lembrança e no coração de todos.

Comunidades Atendidas

Ao longo do processo de pré-produção, e de um trabalho em conjunto com as empresas incentivadoras NET e Claro e a Secretaria de Cultura do Distrito Federal, foi decidido que as comunidades escolhidas para receber o projeto Cine Circular, deveriam ser aquelas com maior índice de vulnerabilidade sociocultural.

Também fazendo parte desse trabalho foi realizada uma pesquisa onde deveriam ser contempladas regiões que não estivessem próximas às salas de cinemas, pois trata-se de um projeto onde o objetivo principal é levar a cultura da sétima arte a quem não tem acesso.

Plano Piloto –  1230 pessoas

Taguatinga – 1400 pessoas

Sobradinho – 1250 pessoas

Samambaia – 1380 pessoas

Recanto das Emas – 1400 pessoas

Areal/Arniqueiras – 1400 pessoas

Consciência Social

O projeto Cine Circular é fundamentado como uma poderosa ferramenta de inclusão e atendimento social, sendo um evento 100% gratuito, e feito para comunidades carentes do Distrito Federal. Não existe cobrança de ingressos e o público ainda é presenteado com pipoca e refrigerante, podendo assistir filmes, ouvir boa música, brincar com palhaços e bonecos de mamulengo.

Ainda assim, o projeto, com incentivo das empresas patrocinadoras, construiu alguns mecanismos de atendimento estendendo ainda mais o seu braço social, voltado para a cultura, meio ambiente, comunidades e principalmente crianças.

A responsabilidade bem como a consciência social e de inclusão do projeto, começa na sua estrutura organizacional.

  • Ingressos gratuitos
  • Distribuição de pipoca e refrigerante gratuitamente
  • Exibição de campanhas de inclusão social sempre antes dos filmes
  • Exibição de filmes curta metragem produzidos por produtores e atores locais
  • Contratação de jovens sem experiência para impulsioná-los no mercado de trabalho
  • Contratação de profissionais monitores de libras para auxiliar pessoas com deficiência auditiva
  • Evento com acessibilidade para pessoas com deficiência
  • Contratação de prestadores de serviço por região, possibilitando oportunidade de emprego nas áreas visitadas pelo projeto
  • Aquisição de material de expediente no comércio das regiões visitadas, fortalecendo a economia local.

Ações Sociais

O projeto Circular, em dezembro de 2017, participou de várias campanhas sociais, ajudando em jantar beneficente, cestas com ceias natalinas para famílias de comunidades carentes e alimentação de creches e centros de apoio.

  • Jantar beneficente na Igreja Batista da comunidade de Santa Maria. 150 pessoas beneficiadas
  • Distribuição de Cestas de Natal para famílias da comunidade do Sol Nascente. 90 famílias beneficiadas
  • Doação de refrigerantes para lanches da Instituição IECAP (4 creches na Cidade Estrutural). 468 crianças beneficiadas
  • Doação de refrigerantes para lanches do Centro de Juventude (Ceilândia e Estrutural). 300 jovens beneficiados

Ações Socioculturais

Um dos principais legados do projeto Cine Circular é a sala Now de cinema. Trata-se de uma sala de cinema instalada numa escola pública de forma totalmente gratuita, com poltronas, revestimento anti-ruído, portas antipânico, sistema de climatização, projeção e sonorização, equipamentos de última geração projetados por profissionais com expertise em salas de cinema.

A sala encontra-se em fase final de projeto arquitetônico e iniciando a reforma para começar a instalação dos equipamentos. A escola escolhida nesse primeiro ano foi a Escola Classe 01 de Planaltina, pois fica numa região onde não existem salas de cinema e por ser uma escola do ensino fundamental e especial, sendo considerada referência em atendimento a alunos portadores de deficiência auditiva.

Conheça também

cultura

Balé Solidário

Público:

Balé Solidário

O projeto oferece a estudantes de escolas públicas acesso à…

Conheça o Projeto
cultura

Picnik

Público:

Picnik

Em seus 5 anos de existência, o Picnik traz a…

Conheça o Projeto
cultura

Cine Estação

Público: Comunidade

Cine Estação

O projeto aproxima cinema e público com baixo poder socioeconômico,…

Conheça o Projeto
cultura

Caravana Cultural

Público: Comunidade

Caravana Cultural

O Caravana Cultural NET Claro é um projeto itinerante que…

Conheça o Projeto

Receba NossasNovidades