Compor, escrever e criar músicas é função do compositor, que tem seu dia mundial comemorado em 15 de janeiro. No Brasil, as obras de nomes como Vinicius de Moraes, Luiz Gonzaga, Renato Russo e Chico Buarque podem ser usadas em diferentes propostas pedagógicas.

“Aulas interdisciplinares que apresentem e discutam artistas e suas canções ajudam a aumentar o repertório dos estudantes, melhorando consideravelmente suas habilidades de comunicação oral e escrita”, explica a pedagoga e mestra em educação Aline Monge.

“Alguns compositores também podem ser usados para sensibilizar, ilustrar e discutir questões específicas sobre diversidade cultural, problemas sociais, movimentos artísticos e momentos históricos”, complementa.

Ainda segunda a professora, é necessário apresentar diversos artistas, estilos e categorias musicais, partindo, sempre que possível, do que é conhecido pelo aluno, e, a seguir, ampliando seus conceitos e perspectivas sobre o que é a música e a composição.

Confira, a seguir, cinco possibilidades de usar compositores nacionais em sala de aula:

Dossiê Vinicius de Moraes
Estudar o poeta Vinicius de Moraes acaba sendo uma tarefa delegada ao ensino médio, pois o escritor é apresentado como um autor da segunda fase do modernismo brasileiro. Na educação infantil e no ensino fundamental I, pode-se usar os poemas-canções da obra “A Arca de Noé”. Além disso, pode se explorar a forma peculiar como este poeta relacionou o mar, a praia, a vida amorosa e o compromisso com o amor nos currículos do ensino fundamental e médio.

Luiz Gonzaga: rei do baião é fonte de aprendizado
Além de problematizar questões sociais do Brasil em músicas como “Asa Branca” e “A Triste Partida”, o nordestino “trouxe um conteúdo que é expressão riquíssima da cultura do sertanejo, do vaqueiro, da festa do milho, das secas e das cheias e também do jangadeiro, com variações do xote, forró e xaxado. Ele canta o clima, os sabores, os costumes, a gente brasileira”, aponta o professor da Universidade Estadual do Ceará, Kelsen Bravos.

Música “Índios”, da Legião Urbana, sensibiliza alunos sobre colonização das Américas
Dentro da disciplina de história, a canção dialoga com conteúdos curriculares do ensino fundamental, como sociedades indígenas no território brasileiro e o encontro dos portugueses com essa população. Já no ensino médio, pode ser relacionada à vida na América antes da conquista europeia; aos encontros entre europeus e as civilizações da África, da Ásia e da América; e aos sistemas coloniais europeus.

Inspirado em Chico Buarque, projeto incentiva estudantes da periferia a ocuparem espaços na cidade
Na música “As Caravanas”, o compositor Chico Buarque narra a trajetória de jovens da periferia que tentam visitar a praia de Copacabana. Contudo, são discriminados pela população da zona sul carioca e impedidos pela polícia de chegar ao seu destino. A canção foi vista pelos professores de história Ana Beatriz Ramos de Souza e José Marcos de Assis Couto Júnior como uma oportunidade de trabalhar o tema da invisibilidade social com seus alunos do ensino fundamental II.

Rock brasileiro dos anos 80 ajuda a entender parte da história do país
As letras do rock brasileiro refletem os anseios de uma geração de jovens que cresceu sob a ditadura, e que observava, na década de 1980, a possibilidade de uma sociedade menos repressora. “Algumas celebram uma certa noção de liberdade individual, enquanto outras buscam analisar o momento de transição política pelo qual passava o país, e qual deveria – ou poderia – ser o papel daquela juventude na reconstrução da democracia brasileira”, complementa o doutor em história social pela Universidade de São Paulo (USP) Daniel Cantinelli.

Veja mais:
Confira 10 livros sobre compositores brasileiros
Toquinho: ‘Aquarela’ estimula imaginação e inventa situações como as crianças adoram vivenciar

Crédito da imagem: undefined undefined – iStock

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz

Talvez Você Também Goste

Notícias

Material didático para ensino de música está disponível gratuitamente para download

Apostilas reúnem aulas de baixo elétrico, viola caipira, canto coral e fundamentos da música

há 2 anos
Notícias

Toquinho: ‘Aquarela’ estimula imaginação e inventa situações como as crianças adoram vivenciar

Ainda hoje, inúmeros projetos educativos são desenvolvidos nas escolas tendo a canção como tema

há 4 anos
Notícias

Educação artística: veja 10 planos de aula para encantar os estudantes

Apesar de lei, escolas ainda têm dificuldade em trabalhar com artes plásticas, cinema, dança, música e teatro

há 5 anos
Notícias

Projeto Guri 2014 abre inscrições para cursos gratuitos de música em todo o Estado de São Paulo

Voltada para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos matriculadas em escolas da rede pública ou particular

há 6 anos

Receba NossasNovidades