O Instituto ABCD disponibilizou gratuitamente o livro “Da língua oral à língua escrita – o desenvolvimento de três aos seis anos para pais e professores”. A publicação é assinada pelas fonoaudiólogas e pesquisadoras Renata Mousinho, Fernanda Mesquita, Evelin Schmid e Gladis dos Santos e tem como objetivo explicar o processo de aquisição da linguagem e como ele influencia na aprendizagem.

O livro descreve o desenvolvimento dos níveis linguísticos a partir de exemplos simples e concretos, para facilitar a compreensão. As autoras também tratam da importância das funções cognitivas e da psicomotricidade para o pleno desenvolvimento da linguagem oral, e mais tarde, para alcançar a competência de leitura e de escrita. Por fim, pais e professores podem se informar sobre o que esperar da evolução da criança em cada ano, e como as brincadeiras são importantes no processo.

“O período pré-escolar é crucial para o desenvolvimento de diversos aspectos de linguagem, funções cognitivas e habilidades socioemocionais. É inegável a importância de conhecer como se dá o desenvolvimento para acompanhar, monitorar e intervir assim que necessário”, aponta a professora do curso de fonoaudiologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, Ana Luisa Navas, no prefácio.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz

Talvez Você Também Goste

Notícias

Publicação online da UFMG aborda a alfabetização e os ciclos na educação básica

Jornal entrevistou a pesquisadora Maria da Graça Costa Val sobre habilidades de leitura e escrita

há 11 meses
Notícias

Carlos Lamarca: personagem ajuda a contextualizar período repressivo da ditadura

“Entender contexto em que ele viveu evita tratá-lo como herói ou vilão”, orienta historiador

há 4 horas
Notícias

Maioria da população é a favor de educação sexual e política nas escolas, diz pesquisa

Levantamento mostrou que apoio cresce conforme escolaridade do entrevistado

há 4 horas
Notícias

Falecida há 100 anos, Anália Franco militou pelo acesso de mulheres e negros à educação

Educadora fundou associação feminina que organizava escolas, materiais didáticos e pensava aprendizagem

há 4 dias

Receba NossasNovidades