O Museu da Língua Portuguesa inaugurou nesta segunda (27/01) a Sala Futura Luz, uma midiateca com um espaço dedicado à população e às organizações do entorno, dos bairros da Luz e do Bom Retiro, onde serão realizadas atividades culturais e educativas baseadas nos acervos do Canal e do museu. O funcionamento será de terça-feira a sábado, das 12h às 18h. 

A Sala Futura Luz, sediada junto à plataforma de trem da Estação da Luz e na área administrativa do Museu, chega para reforçar a missão presente no DNA das instituições parceiras: a inclusão social por meio do conhecimento. “O material audiovisual será usado em atividades com o público do entorno. O intuito é que a Sala dialogue sempre com o patrimônio do museu e com as exposições temporárias e itinerantes. Além do foco em língua portuguesa e cultura brasileira, vamos trabalhar com temas relacionados à cidadania. A questão da luta por moradia, o consumo de drogas e a exploração sexual, por exemplo, são assuntos de grande relevância para a região”, argumenta a coordenadora do núcleo de Articulação e Mobilização Comunitária do Futura, Priscila Pereira.
 


Sala Futura Luz (por Fernanda Amaral)

 

Para o diretor do MLP, Antonio Carlos Sartini, o objetivo da Sala é criar laços com o entorno, levando conhecimento às pessoas de maneira agradável e acessível. “Desde a inauguração do Museu, nos esforçamos para formar redes com a população ao redor. A implementação da Sala Futura vem coroar todo esse trabalho. A midiateca será uma ação permanente que vai oferecer à população uma amplitude de saberes a partir do acervo do museu e do Canal”, afirma Sartini.

A iniciativa vai fortalecer as atividades já desenvolvidas pelo Museu com os alunos de escolas públicas e particulares de São Paulo.
 
“Menas” 
A parceria entre o Futura e o MLP rendeu mais um fruto que estreia na TV em fevereiro de 2014. A série de interprogramas “Menas: o certo do errado, o errado do certo”, a ser exibida nos intervalos da programação do Canal, trata dos erros linguísticos mais frequentes cometidos pelas pessoas. A produção é inspirada na exposição homônima, um sucesso de público no Museu em 2010, que elencou os 100 erros mais comuns cometidos no dia a dia do brasileiro. 
O Futura pode ser assistido nos canais 87, da NET, 08, da Sky, 24, da Via Embratel, e 68, da GVT. Por meio da antena parabólica, o telespectador deve sintonizar na polarização vertical 20 para acessar o conteúdo do Canal. A transmissão é aberta e gratuita nos municípios de São Gonçalo e Niterói (RJ), além de alguns bairros da cidade do Rio de Janeiro, no canal 18, UHF. Mais informações: www.futura.org.br
  

 

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz

Talvez Você Também Goste

Notícias

Livro ajuda professores de matemática a aplicarem conclusões do Pisa em aula

Publicação também orienta educadores a refletirem sobre suas estratégias de ensino

há 2 dias
Notícias

7 links para falar sobre consumo consciente na escola

Planos de aula, cartilhas e artigos inspiram professor a abordar o tema de forma criativa

há 2 dias
Notícias

Influência da música brasileira na obra de Di Cavalcanti é tema de vídeo

“Di Cavalcanti – Desenho e Samba” é produzido pela TV USP e está disponível online

há 4 dias
Notícias

Dica de português: Quais as formas de usar o termo “implica”?

Saiba como escrever corretamente essa palavra, que pode ter diferentes significados

há 6 dias

Receba NossasNovidades