Faça o download do podcast

O autor da série “Guia dos curiosos”, Marcelo Duarte, volta a se dedicar ao público infantojuvenil livro recém-lançado “Esquadrão curioso – caçadores de fake news”. Segundo o escritor e jornalista, a ideia é estimular o debate sobre o tema entre professores e alunos nas escolas.

A motivação para tratar sobre como nascem e são espalhadas as notícias falsas pela rede veio de uma conversa com seu filho, de 12 anos. “Chego em casa e meu caçula me mostra uma matéria bizarra: cheirar o pum do parceiro ou da parceira aumenta a expectativa de vida das pessoas”. No áudio, é possível ter uma pequena amostra de como esse boato viralizou em 2012, época em que foi criado.

Duarte notou que, apesar de o assunto estar em voga junto aos adultos, ele têm atraído também crianças, o que considera um perigo ainda maior para o futuro delas. “Talvez elas não fiquem divulgando rumores de política, economia, saúde, mas tem um tipo de fake news que chama a atenção delas. Se não aprenderem como procurar a veracidade do que estão consumindo agora, serão adultos que vão cair nessas farsas ”, alerta.

Marcelo Duarte (à esquerda) e o ilustrador Caco Bressane com o novo livro da dupla

 

No livro, uma aula de filosofia aborda o tema e propõe um trabalho em que os alunos devem desvendar os meandros de uma notícia falsa. É durante a realização dessa atividade em grupo que nasce o “Esquadrão Curioso”, um trio de adolescentes em busca de um basta nas mentiras que têm se alastrado. A novidade não agrada o maléfico Fake Nilson, responsável pelos postagens mentirosas.

As histórias disseminadas pelo vilão no livro são baseadas em “boatos reais”, que chegaram a ter repercussão, inclusive, em sites respeitados. É o caso de uma notícia sobre a descoberta de baratas voadoras venenosas. A consultoria para a escolha dessas narrativas se deu por meio da parceria com Gilmar Lopes, que se dedica ao site E-Farsas desde 2002, sendo um dos pioneiros na “caça” de fake news. “Os assuntos não poderiam conter violência nem temas adultos. Por isso, foquei em casos inusitados e curiosos que se espalharam na web como se fossem reais e que enganaram muita gente”, ressalta Lopes.

Link:
Acesse o primeiro capítulo do livro “Esquadrão curioso – caçadores de fake news”

Créditos:
Os conteúdos referentes à notícia falsa “Cheirar pum do parceiro prolonga a vida” foram extraídos do podcast “Naruhodo” e dos canais no YouTube “Dicas e curiosidades”, “Plantão policial” e “Beckerral”. A música utilizada é “Mintchura” (Joe Euthanazia e Neuzinha Brizola).

Crédito das imagens: divulgação/Panda Books

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz

Receba NossasNovidades