O sucesso da adaptação para as telas de Cidade de Deus, primeiro romance de Paulo Lins, foi o responsável por tornar o autor conhecido do grande público. Antes disso, porém, ele já havia publicado um livro de poemas e militava na Cooperativa dos Poetas, movimento carioca de poesia independente. Na entrevista, Lins fala sobre sua experiência escolar, o papel da escola no combate ao racismo, cotas, apropriação cultural e a representatividade do negro na literatura, entre outros assuntos.
Assista a outros programas do NET Educação:

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz

Talvez Você Também Goste

“A zoeira é algo que faz parte dos estudantes”, afirma pesquisador da Unifesp

Alunos criam planos de aula a partir de letras de rap

Saiba como orientar a realização de pesquisas

Receba NossasNovidades