Trabalhar o autocuidado, a autoestima e incentivar o protagonismo dos alunos como instrumento para melhorar a aprendizagem e o clima escolar. Esse é o objetivo do foco dado ao trabalho com as habilidades socioemocionais na Escola Estadual Major Arcy, em São Paulo (SP).

A nova abordagem surgiu com a observação frequente de casos de ansiedade e de baixa autoestima entre os adolescentes. Diante desse cenário, os professores e gestores resolveram agir.

Uma das ações foi o “Projeto Gentileza”, que desenvolveu atividades com base na obra do pregador urbano conhecido pelo mesmo nome: Profeta Gentileza, que fez inscrições sobre amor, paz e amabilidade em pilastras do Viaduto do Gasômetro, no Rio de Janeiro (RJ). Outras atividades, como a prática de meditação, são realizadas em disciplinas regulares e eletivas.

“Podemos destacar a mudança de postura dos alunos. Eles estão mais participativos, focados e organizados. A relação entre os jovens e os professores também mudou”, diz o coordenador Paulo Tarso Rocha. Os resultados também apareceram no rendimento dos estudantes. O coordenador atribui parte da evolução nas notas das avaliações externas, que colocaram a escola entre as melhores instituições públicas do estado, às mudanças realizadas na escola.

Deixe um comentário

2 Comentários em "Trabalho em tempo integral e foco em habilidades socioemocionais transformam escola"

Ordenar por:   mais novo | mais antigo | mais votado
Paula Marqu
Membro
Paula Marqu'ëzini

Um trabalho lindo, que deveria ser implantado em todas as redes escolares, onde a formação prioritária é a do ser humano.
Formando gdes seres, formaremos gdes países!
Parabéns a todos os Mestres envolvidos no trabalho!!

Avatar
Membro
fassina.cesar@gmail.com

Parabéns a todos envolvidos! Conheço o Coordenador Paulo de Tarso Rocha, Profa Laura Sanches, o curador Mauricio Moura, a equipe, o corpo docente, direção e funcionários e tive o privilégio como vizinho da escola de acompanhar este lindo trabalho realizado na E. E. Major Arcy. Parabéns!

wpDiscuz

Talvez Você Também Goste

Aplicativo ajuda professores a ensinarem culturas africanas

Saiba como trabalhar o conceito de paisagem no ensino fundamental I

Como trabalhar probabilidade no ensino fundamental?

Receba NossasNovidades