Conteúdos

 Violência no Brasil.

Objetivos

Refletir sobre a violência no Brasil e as formas de resistência; 

Refletir sobre a colonização portuguesa no Brasil, sob o ponto de vista dos dominados,;
Refletir sobre opressores e os oprimidos na História do Brasil;
Projetar problemas e soluções para o futuro do Brasil;
 

1ª Etapa: Educação Ambiental – como será nosso futuro?

Será que o quarto episódio da animação Uma História de Amor e Fúria é muito pessimista? Uma pesquisa pode ser realizada entre os alunos, a partir das principais preocupações dos ecologistas em relação ao futuro do planeta, especialmente sobre a previsão de escassez de água potável. 

Ao invés de parecer catastrofista, a ecologia pode ser pensada para alertar de que forma precisamos  cuidar do nosso planeta, tanto individual como coletivamente, a fim de evitarmos um futuro tenebroso para o Brasil e para o mundo.

 

2ª Etapa: Arte – Animação

O longa-metragem Uma História de Amor e Fúria demorou 6 anos para ser realizado, usando técnicas de animação clássica: os personagens foram desenhados e animados com lápis sobre papel, a partir das emoções oferecidas pela atuação dos atores. Selton Mello, Camila Pitanga e Rodrigo Santoro interpretaram o texto em estúdio e posteriormente a equipe do longa utilizou a gravação como referência para seu trabalho, uma técnica que permite resultados mais sutis e expressivos, valorizando o potencial do elenco e dos animadores.

 

O professor de Arte pode tanto realizar com seus alunos filmes de animação (veja no link “para saber mais”), como pesquisar a história da animação (também indicado o blog no link “para saber mais”), solicitando que os alunos pesquisem as diferentes técnicas, tragam HQs diferentes, troquem entre eles, entre outras atividades que certamente mobilizarão bastante a juventude.

 

3ª Etapa: Exibição do Filme.

Prepare-se para a exibição lendo previamente o MATERIAL DE APOIO

Embora exista uma organicidade no filme, ele pode ser exibido em partes, caso seja uma opção mais plausível (aproximadamente 15 minutos cada episódio). Esta opção resolve o problema da falta de  tempo, se você dispuser somente de 50 minutos mas pode ser uma opção para poder discutir  logo em seguida à exibição de cada episódio. 

 

4ª Etapa: Debate

O filme é bastante aberto e polêmico. É um filme feito para gerar debate e pesquisa, não apenas na disciplina de História, mas em várias outras, uma vez que envolve temas como: 

• Demarcação do território brasileiro;

•  Cultura indígena;

• Cultura da violência; 

• Colonização predatória por parte dos europeus;

• Organizações de resistência política;

• Relações de trabalho e de gênero (trabalho escravo, trabalho feminino, sociedade, prostituição);

• Sustentabilidade (escassez da água e controle de recursos naturais);

 

5ª Etapa: Atividades de Pesquisa – Ciências Humanas

O (a) professor (a) pode dividir a classe em grupos, e propor a cada um deles que pesquise e  apresentação a fase referente a cada episódio. Algumas perguntas podem ser comuns a todos os grupos, como:

• Quem são os que representam os oprimidos nessa fase da História do Brasil?

• E os opressores?

• Como eles foram representados nos livros e estudados por vocês?

• O que sabemos sobre a luta/resistência desses povos?

• Quais desses heróis se tornaram conhecidos, são nomes de rua ou monumentos da cidade? 

• O que estava acontecendo no restante do Brasil nessa mesma época?

• Qual a posição da mulher nesse episódio?

 

6ª Etapa: Apresentação dos Seminários:

É muito importante que as pesquisas realizadas em grupo sejam compartilhadas por meio de seminários, de preferência apoiados no audiovisual (slides em power point e/ou trechos de filmes disponíveis na internet ou DVD); é possível propor a produção de blog ou um grupo no Facebook para que você acompanhe as discussões dos grupos

Como Uma História de Amor e Fúria faz um panorama amplo da História do Brasil e cada episódio é muito denso, serão necessárias algumas aulas para que, além da apresentação, sejam realizados debates. Se as várias disciplinas de Ciências Humanas estiverem envolvidas, tanto melhor.

Vários temas, a exemplo daqueles elencados na terceira etapa, podem render profundas reflexões. 

 

7ª Etapa: Português – produção de textos

O povo brasileiro é cordial ou violento? Qual relação pode existir entre a colonização que tivemos e os problemas de violência – urbana e no campo – presentes em nossa sociedade? O que podemos fazer para evitar um futuro tão tenebroso como o apontado no quarto episódio do filme? O Brasil tem jeito?

Esses são temas possíveis para a produção de um texto dissertativo. Como inspiração para os textos, sugerimos a exibição de um ou mais episódios do documentário Lutas.Doc (indicado em “para saber mais”).

 

Materiais Relacionados

 • Leia o livro Meus Heróis não viraram estátua, da Editora Ática, 20013 em que os autores Luiz Bolognesi (diretor e roteirista do filme Uma História de Amor e Fúria) e Pedro Puntoni (historiador)  problematizam a construção do discurso histórico que impõe a versão dominante das elites e dos vencedores. 

 
• No livro, há um encarte com o DVD do documentário Lutas.doc. Realizado por Luiz Bolognesi e Daniel Augusto, veiculado para a TV Brasil, o documentário tem ritmo dinâmico, intercalando entrevistas de pensadores brasileiros com trechos de filmes e da animação Uma História de Amor e Fúria. O documentário também pode ser visto no link: http://tvbrasil.ebc.com.br/lutasdoc
 
• Para saber mais sobre a preocupação com a escassez de água potável no planeta, veja matéria sobre o Fórum Mundial da Água, ocorrido em Marselha – França, em março de 2012: http://g1.globo.com/natureza/noticia/2012/03/forum-mundial-da-agua-comeca-em-busca-de-solucoes-para-agua-potavel.html
 
• Mais informações sobre a animação e interatividade com a produção podem ser obtidas em:
 
 
•Conheça  a técnica do stop motion no link http://www.tecmundo.com.br/player-de-video/2247-o-que-e-stop-motion-.htm e siaba como fazer um desenho animado em massinha, no link: http://mundoestranho.abril.com.br/materia/como-e-feito-um-desenho-animado-em-massinha
 
• O roteirista e diretor Luiz Bolognesi uniu, neste filme, duas de suas paixões: história em quadrinhos e história do Brasil. Sua inspiração veio de gibis adultos, de autores como Frank Miller, Moebius e em animações como a canadense “Heavy Metal”, de 1981. Você pode saber mais sobre a história da animação no link: http://animablog.wordpress.com/historia/
 

Arquivos anexados

  1. Cinema e Educação: Uma História de Amor e Fúria

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz

Talvez Você Também Goste

Canudos: Primeira República – os conflitos

Entenda a origem dessa guerra e também sobre o Coronelismo no Nordeste do Brasil

Avatar Autor: Júlia Bittencourt

Realidade indígena no Brasil

Plano de aula aborda parte da história dos povos nativos do país

Avatar Autor: Júlia Bittencourt

Fluxos migratórios: Movimentos populacionais

Entenda quais são os motivos e as questões geográficas envolvidas nas migrações

Avatar Autor: Professora Júlia Bittencourt

Alfabetizando com a biografia do Ziraldo

Saiba como utilizar a história do autor para ensinar a escrever e ler

Avatar Autor: Professora Iracema Mendes Santos Alves

Receba NossasNovidades