Conteúdos

Introdução à cultura Africana e aos conceitos de cultura.

Objetivos

 Compreender a cultura trazida ao Brasil pelos africanos e que aqui se reconstruiu, compondo a cultura afro-brasileira;

Proporcionar, por meio da história a discussão sobre um conjunto de questões e valores que integram a temática afro-brasileira;
Ampliar o repertório narrativo ao conhecer lendas e contos africanos.

1ª Etapa: Leitura Deleite do Dia

Antes de iniciar, consulte os links sugeridos na área Para Organizar o seu Trabalho e Saber Mais

A cada dia será contado às crianças um conto africano ou história como Leitura Deleite do Dia, como segue, por exemplo, – A lenda do tambor africano – Reconto de Robson A. Santos – Meninas Negras – Madu Costa – A botija de ouro – Joel Rufino dos Santos 

2ª Etapa: Apresentação do filme

A professora  introduz algumas informações sobre o filme, que serão retomadas depois da exibição. 

 

Sinopse: “Kiriku é um menininho nascido na África Ocidental. Tão pequeno, ele não chega aos joelhos de um adulto. O desafio que impõe seu destino, no entanto, é imenso:enfrentar uma poderosa e malvada feiticeira, que secou a fonte de água da aldeia, engoliu todos os homens que foram enfrentá-la e ainda roubou todo o ouro ali guardado. Para recuperá-lo, Kirikú enfrenta muitos perigos e se aventura por lugares onde somente pessoas pequeninas poderiam entrar.” (Revista Nova escola)

 

Personagens principais  

 

Kiriku é um minúsculo menino, mas sabe o que quer. Ele é determinado a lutar contra karabá. Seu tamanho o ajuda a entrar em qualquer lugar, mas ele adoraria crescer de uma hora para outra.

Mãe de Kiriku – A mãe é uma mulher jovem e ignorada pela aldeia, assim como kirikú. Ela é independente e compreensiva. Ela aceita a independência prematura de kirikú e sempre fica ao seu lado qundo ele precisa.

 

Karabá – é uma poderosa, má e linda feiticeira. Vive só, cercada pelos guardiães, em uma cabana cinza, no alto de uma montanha, fora da aldeia de kiriku.

 

O Sábio – o sábio da montanha proibida é avô de kirikú. Ele representa a serenidade da velhice. É caridoso, nobre e diferente do contador de histórias da aldeia, que é medroso e abaixa a cabeça para karabá.

 

Tio de Kiriku – um jovem simples, um dos poucos homens que ainda restam na aldeia. Ele não é um herói, ele faz o que é pedido dele e nunca pergunta nada.

 

O velho Contador de Histórias da aldeia – é um senhor idoso, medroso, inseguro, previne as crianças com igual medo e insegurança enquanto o precoce Kiriku vai ao encontro da feiticeira que havia secado a fonte da aldeia. (http://solangepedag.blogspot.com.br/2009/09/atividades-relacionadas-ao-filme-kiriku.html)

3ª Etapa: Conversas sobre a animação

Conversar com os alunos sobre os costumes percebidos no filme (por exemplo o fato das mulheres andarem com os seios à mostra) falar que este era um costume do povo africano e ressaltar que determinadas culturas, isso é comum. Pedir para imaginem se uma pessoa aparecesse na escola usando apenas trajes de banho (comuns para ambientes de piscina ou praia), qual seria a reação e o que iria acontecer. 

 

Levantar com os alunos sentimentos e valores que identificaram no filme. Você poderá sugerir, caso não sejam mencionados:  amor, verdade, generosidade, tolerância, paciência e determinação. (Em que situações aparecem no filme?).

 

Propor a discussão: Quais são as vantagens em ser pequeno? E grande?

 

A partir da frase “Ela sofre noite e dia”. “a maldade não surge do nada, mas é resultado de   algum sofrimento”. De acordo com as afirmações, fazer questionamentos de acordo com as seguintes perguntas disparadoras: 

 

Que coisas nos fazem sofrer? 

 

Você conhece uma pessoa que sofre? 

 

Você sabe por que ela sofre?

 

Você acha que é possível ajudar a diminuir ou acabar com o sofrimento de alguém? Como? 

 

Você já deixou alguém de lado numa brincadeira ou conversa? Por quê? Como você acha que esta pessoa se sentiu?

 

Ao final do filme é interessante que o professor mostre fotos de algumas aldeias, atentando para o fato de como as casas são construídas, os utensílios domésticos feitos de barro, as esteiras utilizadas para dormir, como a água é transportada, a maneira como são carregados os bebês, as cores dos tecidos, os modos de vestir de acordo com a tribo, os adornos e penteados, como são tratadas as pessoas mais velhas, etc. Também é interessante mostrar cidades africanas da atualidade. 

 

Conduzir um diálogo sobre como os alunos tratam os colegas, os professores, os familiares e as demais pessoas de seu convívio.

4ª Etapa: Registros

Convide os alunos a desenhar trechos da história, de que mais gostaram. O professor pode colocar o CD Gonguê (Projeto A Cor da Cultura), link 6. Este apresenta o som de diversos instrumentos que traduzem a tradição e cultura africana, visto que no filme são frequentemente mostrados instrumentos sendo tocados na tribo.

 

Após o termino das ilustrações os alunos deverão explicar o motivo  de sua  escolha

 

Depois da pintura e da exposição oral, será realizado um reconto coletivo, ditado pelos alunos e escrito pela professora;

 

Pode-se incluir na atividade a exploração do vocabulário do filme e usá-la em atividades com a língua:

 

A – ALDEIA, ÁGUA, ARANHA ;  

B – BESOURO;  

C- CABANA, CANOA, CORAÇÃO, CUPINZEIRO;  

D- DENTES;  

E- ESQUILO, ESPINHOS ;

F- FEITICEIRA, FLECHAS;  

G-GUARDIÃES, GUERREIROS, GRUTA, GAMBÁ;

H- HOMEM, HERÓI;

I – IRMÃO, INTELIGÊNCIA;  

J- JÓIAS, JAVALI;

K – KIRIKÚ, KARABÁ;

L – LANÇAS;  

M – MONTANHA, MÃE, MENINO, MENINA;

N- NOZES;

O-OURO- OBRIGADO,OSSOS;  

P-PAZ, PILÃO, PÁSSARO;  

Q- COQUEIROS,ESQUILOS;

R- REGATO, ROCHAS;  

S- SÁBIO, SENTINELA, SERPENTE;

T-TUCANOS, TALISMÃ;

V-VOVÔ

5ª Etapa: Conhecendo o continente Africano

Realizar alguns questionamentos sobre conhecimentos prévios dos alunos acerca do Continente africano;

 

Apresentar um mapa localizando a África no mundo e depois um mapa do Continente e a região originária da lenda.

 

Realizar durante a apresentação dos mapas uma leitura dos nomes dos países africanos;

 

6ª Etapa: Influências africanas

Traga para os alunos uma lista de palavras de origem africana, escolha dentre as palavras sugeridas nos links 3 e 7 da área Para Organizar o seu Trabalho e Saber Mais.  Aproveite para fazer atividades, ditado e separação de sílabas. Utilize também o livro Memória das Palavras para abordar esta influência

7ª Etapa: Encerramento

 No encerramento deste planejamento, o professor deve realizar a exposição dos desenho dos alunos.

Materiais Relacionados

Antes de iniciar, consulte os links sugeridos na área Para Organizar o seu Trabalho e Saber Mais

 
1. Kiriku e a feiticeira. Animação Infantil – Direção:Michel Ocelot. Paris: IMOVISION, 2001.
 
2. Livro  Memória das palavras / Coordenação do Projeto: Ana Paula Brandão. Rio de Janeiro: Fundação Roberto Marinho, 2006. 
 
 
 
5. Consulte os planos de aula, elaborados pela Equipe do Portal Instituto NET Claro Embratel: 
 
 
 
 

Arquivos anexados

  1. Valorização da Cultura Afro Brasileira

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz

Talvez Você Também Goste

Classificação dos climas brasileiros

Plano de aula permite compreender fatores que influenciam a climatologia

Avatar Autor: Leonardo Moreno Domingues

Teorema de Pitágoras e um chute no travessão

Material possibilita fazer cálculos aproximados de distância e velocidade média utilizando o futebol como exemplo

Avatar Autor: Amanda Oliveira Calazans

Abolição da escravatura no Brasil

Material possibilita estudar o assunto como resultado de processo envolvendo diversos agentes e fatores

Avatar Autor: Suzane Jardim

Question Tags

Aprenda dicas, casos especiais e exceções para utilizar esses complementos da língua inglesa

Avatar Autor: Leonardo Moreno Domingues

Receba NossasNovidades