Fazia tempo que não chovia. A plantação e o gado morrendo, os pais buscando emprego na cidade, os ânimos murchos, os bolsos vazios. O Rio Grande do Sul com cenário do Nordeste. Assim iniciaram as aulas naquele ano de 2005. Há tempos eu vinha me perguntando como tornar o ensino da língua portuguesa e da literatura significativos, exercitando de fato a comunicação num contexto social.Eu havia descoberto há pouco tempo a ferramenta blog e me encantado com as suas possibilidades interativas, mas ainda era pouco utilizada no contexto educacional.Foi assim que surgiu o projeto Vidas Secas- da Ficção à Realidade. (http://vidassecascolbachini.zip.net ) .

A proposta inicial foi analisar a realidade que estávamos vivendo no contexto da seca através do livro Vidas Secas, de Graciliano Ramos. As duas turmas de oitava série leram o livro, viram o filme, postaram textos e ilustrações analisando a obra , fazendo uma relação com o que estavam vivenciando. As dificuldades da família de Fabiano eram um pouco as dificuldades da família de cada um. Havia a necessidade de dividir as ideias publicadas com outras pessoas e eu divulguei o blog em portais educacionais, redes sociais e comunidades virtuais. Busquei parcerias . Assim, o blog passou a ser um espaço de interação, troca de ideias. Os meus alunos interagiram com alunos de outras escolas e com muitos outros visitantes da página. Depois vieram outras obras e temáticas.

Contatei com alguns escritores, trabalhei suas obras e os coloquei em contato com os alunos através do blog. Conforme íamos interagindo, novos desdobramentos aconteciam, não previstos inicialmente. Através dos comentários recebidos, novas ideias iam sendo debatidas e novas atividades desenvolvidas. Meus alunos foram aprendendo a argumentar e a se comunicar. Passaram a se preocupar com a correção e clareza dos textos, não pela nota, mas para serem compreendidos por quem os lessem.Enquanto eu ia propondo desafios aos alunos, ia também experimentando a aprendendo as possibilidades da ferramenta. Foi durante esse processo de aprendizado meu e dos alunos que nosso projeto foi descoberto na rede e a TV Escola nos visitou para gravar uma participação no programa Salto para o Futuro. As palavras deixadas pelo escritor Caio Riter, nosso amigo, numa das visitas ao blog revelam a sua proposta : "A literatura auxiliando na compreensão e no entendimento da vida; a vida se revelando matéria de invenção".

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz

Receba NossasNovidades