Em ocasiões como o Natal, é comum ver ações voluntárias de pessoas fazendo visitas em casas de repouso para idosos e, também, grupos se mobilizando para entregarem brinquedos em abrigos de crianças e adolescentes.
Perguntas como “por que só em datas específicas?” e “por que tantas pessoas querem ser voluntárias e não conseguem?” fizeram três programadores pernambucanos olharem ao redor e enxergarem uma oportunidade no Recife (PE).

Movidos pela vontade de mudar esse cenário, Thiago Martins (21), Hugo Silva (21) e Samuel Souza (20) tiveram uma ideia: “Por que não criarmos uma plataforma onde a gente possa reunir, em um mesmo local, informações, voluntários e instituições que atendem crianças ou idosos?”, conta Thiago.

Após um período de análise, consulta, visitas a lares e abrigos, os empreendedores resolveram tirar a ideia do papel e se inscreveram no Campus Mobile, programa de inovação e empreendedorismo do Instituto NET Claro Embratel, em parceria com o Laboratório de Sistemas Integráveis da USP (LSI-TEC USP).

“A ideia de inscrever o projeto veio com um e-mail de nosso professor da Universidade Federal de Pernambuco. Vimos a chamada para o concurso e enviamos. Nós fomos sem grandes expectativas, já que o concurso aceitava iniciativas em diferentes fases de criação”, relembra Thiago.

Assim, surgiu o Padrinhos Mágicos, plataforma de voluntariado que utiliza um sistema de match (combinação) entre voluntários e instituições. Por meio de uma plataforma, usuários podem organizar ações, encontrar informações sobre eventos que irão acontecer e descobrir quais instituições precisam de voluntários.

Martins ainda lembrou: “Antes do Campus Mobile, o projeto Padrinhos Mágicos basicamente não existia. Nós tínhamos a ideia e sabíamos o que queríamos com ela. Quando fomos selecionados para a fase de desenvolvimento, percebemos que teríamos chances de desenvolver a nossa ideia”.

O percurso foi longo: a necessidade de novos aprendizados, testes, habilidades técnicas e tempo tornaram o processo mais desafiador. “Uma das maiores dificuldades foi ter que aprender uma nova linguagem e igualar nosso nível de aprendizado para que pudéssemos agilizar o desenvolvimento”, afirmou Samuel Souza.

Para Hugo Silva, responsável pela comunicação do app, o Campus Mobile auxiliou na construção da ideia e na troca de experiência. “Na semana presencial, conhecemos outras equipes, nos dedicamos ainda mais e trocamos informações que ajudaram nossa ideia a se concretizar”, destacou.

Após a vitória no Campus Mobile na categoria Smart Cities, os planos da equipe são de levar o app para outros municípios além de Recife e fortalecer a comunidade dentro da plataforma, para que novas ações de voluntariado aconteçam na região. Como prêmio do concurso, os jovens receberam uma quantia em dinheiro e uma viagem para o Vale do Silício, nos Estados Unidos, que acontece em setembro.

Atualmente, o app já está disponível para usuários Android e tem lançamento previsto até o final do ano para iOS. Saiba mais sobre a iniciativa no site dos Padrinhos Mágicos.

Além de Smart Cities, a 7ª edição do Campus Mobile também contou com participantes nas categorias Educação, Diversidade e Smart Farms. Nos próximos meses, apresentaremos entrevistas com os criadores de cada um dos demais projetos vencedores!

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz

Talvez Você Também Goste

Notícias

Conheça os vencedores do Prêmio Carlos Slim em Saúde 2019

Contemplados são reconhecidos por se dedicarem às pesquisas sobre saúde na América Latina

há 3 dias
Notícias

Alunos do programa Dupla Escola vencem o “Hackathon Escola Inovadora”

“Fiquei emocionado ao ver meus alunos conquistando o primeiro prêmio do evento”, comenta professor

há 6 dias
Notícias

Claro Brasil realiza atividades sobre sustentabilidade para celebrar mês do meio ambiente

Programação conta com palestras e oficinas sobre cuidado ambiental

há 2 semanas
Notícias

Cálculo da pegada ecológica: faça o teste e saiba qual é seu impacto no meio ambiente

Junte-se à Claro Brasil e reflita sobre a importância de adquirir hábitos mais sustentáveis

há 2 semanas

Receba NossasNovidades