6ª edição:

CATEGORIA EDUCAÇÃO: Vivros (SP), idealizado por Rafael Eiki Matheus Imamura, Rafael Bueno Lamarques Alves e Daniela Marques de Morais. Trata-se de uma plataforma para produção de livros interativos em papel, que utiliza técnicas de dobradura, como o pop-up. A ideia é um aplicativo que permita o uso de mídias, câmera e sensores do celular para enriquecer a experiência da leitura.

“A diversidade precisa ser uma ferramenta global para alcançar o público. É preciso conhecer o seu cliente e saber como ele pensa. Além disso, o impacto do seu produto vai muito além da receita” (Rafael Imamura)

 

CATEGORIA FACILIDADES: Raks (RS), desenvolvido por Fabiane Kuhn, Guilherme de Oliveira Ramos e Vinicius Muller Silveira. A proposta do grupo é um aplicativo que consegue mensurar e acompanhar a umidade do solo nas lavouras, além de permitir o controle de irrigação das plantações.

“Quando falávamos que nosso projeto estava ligado à agricultura, as pessoas não se importavam. Mas, ao falarmos em aumento na produção de alimentos, nossa apresentação começou a chamar a atenção” (Fabiane Kuhn)

 

CATEGORIA JOGOS: Juke Fiesta (RS), produzido por Rafael Grohmann Cadaval, Matheus Mello Vaccaro e Matheus Fetzner Viana. O game tem temática mexicana e o objetivo do jogador é desviar de obstáculos, utilizando diversos personagens.

“Mais que desenvolver ideias, é preciso executá-las. Pense na globalização do seu produto e não tenha medo de errar no meio do caminho. Se isso acontecer, reveja seu planejamento e siga em frente” (Rafael Cadaval)

 

 

5ª edição:

CATEGORIA EDUCAÇÃO: “Ducante” (SP), foi desenvolvido por Lucas Moreira, Gustavo Silva e Leonardo Padilha, para que escolas e cursinhos pudessem realizar suas atividades no meio digital, com fóruns de discussão para alunos e professores, lista de exercícios, espaços para compartilhamento de conteúdo, além de estatísticas de desempenho dos alunos.

“Ter ido ao Vale do Silício foi uma experiência transformadora. Tive inúmeras oportunidades de conhecer novas ideias e colher feedback para a startup da minha equipe. Vi em São Francisco (Califórnia, EUA) um ecossistema aquecido e preparado para desenvolver novos conceitos” (Lucas Moreira)

 

CATEGORIA FACILIDADES: “Mapa da Leitura” (RS), de Yasmin Wink, Tairon Coelho e Guilherme Donada, tem o objetivo de mapear e divulgar bibliotecas comunitárias e atrair cada vez mais leitores e colaboradores.

“Entrei em contato com muita gente interessante e experiências diferentes, o que enriqueceu ainda mais essa troca de informações” – (Guilherme Donada)

 

CATEGORIA JOGOS: “League of Kites” (RJ). Apresentado por Mateus Pacheco Roza da Cunha e Leandro Morgado Pinto Corrêa (RJ).

“Além da oportunidade de construir amizades valiosas com pessoas de todo o Brasil, a competição proporcionou minha primeira viagem internacional. Ir para o Vale do Silício me abriu muitas portas no mercado” – (Mateus Pacheco)

 

 

4ª edição:

CATEGORIA EDUCAÇÃO: Block.ino (SC), de Lucas Mellos, João Paulo de Lima e José Pedro Simão, é uma ferramenta que ensina lógica de programação a alunos do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio, podendo ser inserida no programa das aulas ao trabalhar conceitos de eletrônica básica e robótica.

CATEGORIA FACILIDADES: Motaxis (BA), desenvolvido por Mateus Carvalho, Vinícius Lima e Vitor Silva, é um app que conecta usuários e mototaxistas, permitindo que o serviço seja solicitado por intermédio do aplicativo.

 

3ª edição:

Categoria Tecnologia Social: Projeto Minha Leitura (PR), de Douglas Henrique Batista, Jaylon Henrique da Silva, Moises Meirelles dos Santos Filho, visa motivar o hábito de ler, permitindo um cadastro de livros, tanto digitais quanto físicos, e fazer um gerenciamento da leitura.

Categoria Empreendedorismo: RunMusic (PB), desenvolvido por Talita Lôbo de Menezes, Fábio Fernando de Oliveira Silva e João Paulo Targino dos Santos, é um aplicativo que recomenda músicas durante corridas e caminhadas.

 

Receba NossasNovidades