Ideais para curtir em família ou com grupo de amigos, os jogos de tabuleiro são muito mais do que simples passatempo. Eles contêm um viés pedagógico já que são ferramentas para o desenvolvimento de uma série de habilidades cognitivas e emocionais. Lúdicos e acessíveis, podem estimular a intuição, criatividade, raciocínio lógico, concentração, memória, entre outras competências. Tudo isso permeado por desafios, enigmas e, claro, muita diversão. A seguir, confira seis jogos para aprender e se divertir, seja em casa ou na escola.

Go, o milenar jogo chinês
Mais complexo que o xadrez, o Go é conhecido por ter regras simples e um número quase infinito de possibilidades de estratégias. Seu tabuleiro é composto por 19 linhas horizontais que se intercalam com outras 19 verticais, existindo, ainda, outros formatos para partidas mais rápidas ou para iniciantes. O Go começa com dois jogadores posicionando peças pretas e brancas alternadamente, vencendo aquele que conseguir cercar mais territórios. O jogador e professor Thiago Shimada preparou uma apostila para iniciantes de Go, disponível na internet. Vale a pena também conferir o documentário lançado em 2017, o AlphaGo, disponível na Netflix.

Shisima, original do Quênia
Semelhante ao “jogo da velha”, no Shisima, vence quem primeiro conseguir alinhar suas três peças da mesma cor nas diagonais do tabuleiro octagonal. A origem do jogo é atribuída ao Quênia, na África, onde a palavra shisima, na língua tiriki, quer dizer “extensão de água”. As peças são chamadas de imbalavali ou “pulgas-d’água”, que são insetos que, de tão rápidos que se movem pela água, são difíceis de acompanhá-los com o olhar. Tanto o Shisima como outros jogos de lógica e raciocínio, desde os clássicos damas e xadrez até alguns menos conhecidos, podem ser consultados no site do Programa de Extensão LoBoGames, desenvolvido na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Awalé, colheita de sementes
Populares em todo o continente africano, os jogos mancalas desenvolvem a matemática, o raciocínio estratégico e o espírito cooperativo. Em geral, são praticados em duplas sobre tabuleiros de madeira com duas ou mais fileiras de concavidades alinhadas (casas), e sementes que atuam como peças do jogo. Dentre os tipos existentes, tem-se o Awalé, cujo objetivo é realizar uma grande colheita, vencendo, assim, o jogador que colher o maior número de sementes. É possível conferir o passo a passo de como jogar na reportagem da Empresa Brasil de Comunicação, com base no livro “A semente que veio da África”, de Heloisa Pires Lima.

Um dia na casa microassombrada, um jogo com microrganismos
Um dia na casa microassombrada é um jogo de tabuleiro que tem início com o despertar de um dia em que microrganismos e outros seres (os jogadores personagens, as plantas, os animais etc.) coexistem de forma harmônica dentro de uma casa. O desafio é chegar ao final sem que esse equilíbrio seja desfeito. Como instrumento lúdico e pedagógico, o jogo mostra que os microrganismos estão em todas as partes e que possibilita ao professor trabalhar conceitos de higiene, saneamento, poluição, vacinas e preservação do ambiente.

Jogo da onça, tradição do indígena brasileiro
Conhecido pelos indígenas brasileiros antes mesmo da chegada dos portugueses, o jogo é disputado em dupla e tem uma peculiaridade em relação aos adversários: ambos estão em condições diferentes. Um dos jogadores é o mais forte (onça), porém está em menor número (apenas um), e o outro é mais fraco (cachorros), mas está em maior número (14). O objetivo da onça é capturar cinco cachorros e, o dos cachorros, imobilizar a onça, cercando-a de forma que não tenha saída. Confira no canal Mãe Educa Lila Costa como fazer um tabuleiro de feltro para o jogo da onça.

Jogo da velha, em versão esportiva
O clássico jogo da velha foi a inspiração para uma aula de educação física da escola municipal Lúcio de Mendonça, em Piraí (RJ). Basta reunir nove bambolês, três panos azuis, outros três vermelhos, e o jogo está garantido.

 

*Colaborou Carlos Seabra, editor multimídia, criador de jogos, especialista em tecnologia educacional e projetos envolvendo redes sociais e dispositivos móveis.

 

Saiba mais:
Jogos de tabuleiro e aprendizagem

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz

Talvez Você Também Goste

Notícias

Cartilha digital atualiza informações sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente

Além de abordar a educação, ECA estipula outros direitos infanto-juvenis que devem ser respeitados

há 4 horas
Notícias

Ufscar lança Dicionário de Educação e Tecnologias e Educação a Distância

Publicação traz termos mapeados na literatura especializada, eventos e práticas pedagógicas da área

há 8 horas
Notícias

7 documentários e séries para ajudarem no vestibular

Produções audiovisuais abordam momentos históricos e dialogam com questões da atualidade

há 1 dia
Notícias

Dica de português: desse ou deste?

Conheça as regras para utilizar corretamente essas duas palavras

há 2 dias

Receba NossasNovidades