O Instituto Paulo Freire transformou um dos seus cursos EaD em um e-book. “Paulo Freire em tempos de fake news” reúne 57 artigos e seis projetos de intervenção. O conteúdo analisa sob diferentes pontos de vista as fake news em relação ao pensamento, à obra e à pessoa do educador. Ele pode ser baixado gratuitamente pela Internet após cadastro.

Os capítulos da publicação abordam temas como educação midiática, educação ambiental, educomunicação, avaliação, currículo, metodologias ativas, educação de jovens e adultos (EJA), pedagogia inclusiva, círculos de cultura, educação alimentar, formação docente, escola sem partido, educação popular, entre outros. O conselho editorial contou com a participação de 22 educadores e pesquisadores.

“Os artigos e projetos de intervenção mostram e comprovam que as fake news contra Paulo Freire acabaram evidenciando e fortalecendo, ainda mais, sua obra, pois nos deu a oportunidade de desconstruir as falsas notícias, intencionalmente construídas, para prejudicar não apenas sua produção e teoria, mas a causa que ele sempre defendeu: a educação como prática da liberdade, que luta por uma sociedade mais justa e pela dignidade humana”, contextualiza o diretor pedagógico do Instituto Paulo Freire, Paulo Roberto Padilha, no posfácio.

O filósofo nasceu em 19 de setembro de 1921, em Recife (PE).  Graduado em direito, foi professor de língua portuguesa do Colégio Oswaldo Cruz  e diretor  do setor de educação e cultura do Sesi (Serviço Social da Indústria), de 1947 a 1954. No final da década de 1950, elaborou a filosofia de alfabetização para adultos que, posteriormente, seria chamada de Método Paulo Freire.

Perseguido e exilado do país durante o regime militar (1964-1986), trabalhou como professor na Universidade de Harvard e foi consultor especial do Departamento de Educação do Conselho Mundial das Igrejas, em Genebra (Suíça). Retornou ao Brasil em 1980. Ao longo da sua vida, recebeu o título de doutor Honoris Causa por 27 universidades.

Veja mais:
Pensamento de Paulo Freire pode apoiar ensino de educação ambiental crítica
Conceitos de Paulo Freire ajudam professor a aliar saberes locais ao currículo
Ensinar jovem a debater políticas públicas ajuda no combate às fake news

Crédito da imagem: e-book “Paulo Freire em tempos de fake news”

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz

Talvez Você Também Goste

Notícias

Professores lançam campanha para defender legado de Paulo Freire

Iniciativa envolve nove países e prevê incentivar pesquisas sobre o educador e combater fake news

há 1 mês
Notícias

6 livros para o professor trabalhar a afetividade na aprendizagem

Para pensador Henri Wallon, mediação pedagógica afetiva influencia relações dos alunos com conteúdos escolares

há 5 meses

Receba NossasNovidades