Usar as aulas de informática como um laboratório teórico-prático para o ensino de astronomia. Esse é o objetivo do projeto criado pelas professoras de informática Silvia Higa, Patrícia Vizoni e Priscila Takaguishi, da EMEB Professora Janete Mally Betti Simões, em São Bernardo do Campo (SP).

A iniciativa surgiu em 2016, a partir da necessidade de trazer para as aulas de ciências assuntos que estimulassem os alunos. Por meio do uso de softwares, jogos, palestras e vídeos, alunos do 1º ao 5º ano vão tomando contato com conteúdos próprios da astronomia, como eclipses, sistema solar, movimentos de rotação dos planetas, entre outros.

“É um trabalho que instiga uma leitura de mundo. Às vezes, ela [criança] nem precisa saber ler e escrever ainda, mas consegue colocar em jogo alguns conhecimentos, levantar hipóteses. Passam a ter um olhar de investigação”, afirma a professora Vizoni.

Os conteúdos são pensados juntos aos professores do ensino regular, que indicam temas da disciplina de ciências, em que os alunos têm mais interesse ou dificuldade, para serem explorados. “Acho que conseguimos mostrar que é possível, dentro da escola, usar a tecnologia a serviço de boas aprendizagens”, afirma a professora Higa.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz

Talvez Você Também Goste

Aplicativo ajuda professores a ensinarem culturas africanas

Saiba como trabalhar o conceito de paisagem no ensino fundamental I

Como trabalhar probabilidade no ensino fundamental?

Receba NossasNovidades