Conteúdos

– Composição da população brasileira e a participação da população indígena
– O conceito de terra indígena
– Terras indígenas e estrutura fundiária no Brasil
– Os povos indígenas e a luta pela terra: o avanço do agronegócio
– Representatividade política dos povos indígenas
– Mapa mental como representação da aprendizagem

Objetivos

– Conhecer a distribuição dos povos indígenas no Brasil atual
– Conhecer a localização das terras indígenas no território brasileiro
– Ler, interpretar, comparar e analisar dados demográficos relativos à composição da população brasileira, ressaltando a participação da população indígena nessa composição
– Compreender as causas da luta pela terra travada pelos povos indígenas e suas relações com o avanço do agronegócio
– Relacionar a luta dos povos indígenas pela terra à sua necessidade de representação política nas diferentes esferas de governo
– Elaborar um mapa mental para sistematizar o percurso de estudo e representar as relações entre conceitos abordados

1ª Etapa: Sensibilizando para o tema

O professor iniciará a proposta organizando a turma em duplas ou trios para a leitura da reportagem indicada no item 3 da seção Materiais Relacionados.

Cada grupo deverá, depois de ler o texto, pensar, discutir e sistematizar duas hipóteses para a violação do direito humano à alimentação adequada, à vida, à liberdade, à saúde, entre outros. Essa atividade não poderá ultrapassar vinte minutos. Os grupos apresentarão suas hipóteses à turma e o professor anotará as palavras-chave na lousa.

Em seguida, a turma assistirá ao curta-metragem indicado no item 3 da seção Materiais Relacionados.

Individualmente, os alunos e as alunas registrarão informações relativas à representatividade política da população indígena, as dificuldades que essa população enfrenta para ter seus direitos assegurados e a relação entre esses aspectos e as atividades agropecuárias que ameaçam a vida dos povos indígenas. Os alunos também deverão identificar relações de poder e a atuação política de empresários do agronegócio nas políticas econômicas brasileiras.

O professor, ao final, do filme, realizará um debate a partir dos registros elaborados pelos estudantes.

Como lição de casa, o professor pedirá aos estudantes para que se organizem em duplas e se responsabilizem por buscar dados e informações sobre duas etnias ou povos indígenas diferentes. Indicamos que os estudantes tenham ao menos quatro dias para fazer a pesquisa e que esse material seja utilizado na 3ª etapa do plano de aula. Para facilitar a organização da turma, o professor poderá distribuir os temas de pesquisa na turma. Cada grupo deverá acessar o portal do ISA (disponível em item 1 da seção Materiais Relacionados) e elaborem duas fichas de registro (veja modelo a seguir) das etnias a eles indicadas, contendo:

Cultura material e estética indígena (três ou quatro imagens representativas da estética indígena para serem usadas na sala de aula – levar as imagens impressas soltas, com o nome do povo indígena e a localização escritos a lápis, no verso das imagens)

2ª Etapa: Conhecendo composição demográfica do Brasil e a participação da população indígena

Nesta etapa, o professor apresentará dados estatísticos sobre a demografia brasileira e a participação de diferentes etnias. Para montar a sua aula, sugerimos que o professor utilize os dados disponíveis nos infográficos e nos gráficos selecionados. (disponível nos itens 2 e 5 da seção Materiais Relacionados)

O objetivo é que os alunos compreendam a estrutura étnica da população brasileira e a distribuição territorial dos povos indígenas atualmente. Nessa aula expositiva, é importante que o professor mostre os gráficos à turma, de modo que os estudantes possam analisar coletivamente os dados estatísticos.

3ª Etapa: O conceito de terra indígena e os direitos dos povos indígenas no Brasil

Nesta etapa, o professor conceituará terra indígena, explicando à turma como se dá o processo de demarcação das terras indígenas no Brasil e os direitos dos povos indígenas assegurados na Constituição Federal de 1988. Indicamos que essa aula expositiva seja elaborada a partir de informações do ISA. (Disponível no item 1 da seção Materiais Relacionados)

O professor deverá abordar, ainda, os entraves, as dificuldades, os jogos de poder e a relação entre a estrutura fundiária brasileira, a política e o processo de demarcação de terras indígenas e as atividades econômicas que dificultam a implementação e o avanço das políticas públicas voltadas à questão indígena no Brasil.

4ª Etapa: Apresentação das fichas de registro dos povos indígenas

Para esta etapa, o professor deverá providenciar a impressão de um mapa mudo (mapa que contém apenas o limite territorial do Brasil e, se necessário, os limites estaduais) em tamanho grande, para ser fixado na parede ou no mural da sala.

A turma realizará uma apresentação dos dados obtidos com a pesquisa proposta como lição de casa no início do plano de aula. Para isso, o professor proporá a seguinte questão à turma: Quem são e como vivem os povos indígenas brasileiros?

Cada dupla explicará os resultados de sua pesquisa e, ao final das apresentações, os estudantes montarão um painel fotográfico com as imagens selecionadas durante a pesquisa. As imagens serão fixadas com cola ou fita adesiva no mapa político, na localização mais próxima do real possível, de modo a formar um mosaico dos povos indígenas. Próximo ao mapa, serão fixadas as fichas de pesquisa para que a turma sempre as consulte quando necessário.

5ª Etapa: Sistematização do processo de estudo

A finalização deste plano de aula será realizada por meio de um mapa mental. Mapa mental é uma estrutura de registro de um assunto e seus elementos correlatos. Trata-se de uma ferramenta interessante para sistematizar conteúdos de modo objetivo. Com ela, estudantes conseguem representar relações entre conceitos e complementá-las. Além disso, é possível identificar dúvidas e pensamentos dos estudantes.

A turma será levada para trabalhar com computadores na sala de informática da escola. Se dispuserem de computador pessoal, esse dispositivo poderá usado. Os aplicativos não podem ser usados em smarthphones.

As duplas de pesquisa que se apresentaram na 4ª etapa deverão discutir e estabelecer os elementos que serão representados na estrutura de um esquema capaz de relacionar palavras-chave a algumas explicações ou reflexões propostas pelos estudantes.

Para acessar qualquer uma das plataformas, é necessário abrir uma conta para depois iniciar o mapa mental.

Ao final do processo, os mapas mentais serão apresentados à turma. O professor realizará uma discussão coletiva com a turma. Ele e a turma poderão indicar eventuais correções ou complementos a serem introduzidos nos mapas apresentados.

Materiais Relacionados

1 – O Portal Povos Indígenas, do Instituto Socioambiental (ISA), disponibiliza um material vasto e atualizado a respeito dos povos indígenas brasileiros e de como a questão indígena é tratada internacionalmente. Além de dados demográficos oficiais, o portal traz informações descritivas, muitas vezes complementadas por material cartográfico ou iconográfico, dos diversos povos indígenas do Brasil atual.
2 – O portal Terra Educação produziu um infográfico com a temática povos indígenas, que contém fichas informativas das 21 etnias indígenas existentes atualmente no Brasil.
3 – O curta-metragem Índios no Poder, disponível no portal Curtas, pode ser o material disparador do percurso de estudo proposto neste plano de aula.
4 – Além do curta-metragem, uma reportagem publicada pelo site oficial do Palácio do Planalto relaciona a segurança alimentar de diferentes povos indígenas ao avanço do agronegócio no Centro-Oeste e no Norte do Brasil.
5 – O portal Politize elaborou um pequeno dossiê sobre os direitos dos povos indígenas, material de referência importante para a compreensão da luta por regularização fundiária desses povos no Brasil. Há textos e gráficos de fácil compreensão para estudantes dos níveis fundamental e médio. Acesse o link para consultá-lo.
6 – O portal da Fundação Nacional do Índio (Funai) disponibiliza dados e informações oficiais sobre temáticas indígenas e indigenistas. Sugerimos que o professor consulte a seção Quem São para atualizar seus conhecimentos. A seção é composta por oito páginas que contemplam textos e gráficos que dão um panorama histórico e evolutivo da presença e da participação da população indígena no Brasil. Veja o material.
7 – Na internet, há dois endereços intitulados Museu do Índio, um mantido pelo governo federal e outro que é uma revista eletrônica com informações sobre os povos indígenas brasileiros.
8 – O resultado final do percurso de estudo e de aprendizagem será representado em um mapa mental. Na internet há inúmeras ferramentas para montar mapas mentais. Sugerimos o Mind Meinter ou o Coggle. Ambos possuem versão online gratuita (para três mapas) e pagas.

Arquivos anexados

  1. A luta dos povos indígenas pelo direito à terra

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz

Receba NossasNovidades