Conteúdos

 O contexto histórico, social e político: o Brasil no final do século 19; A Revolta do Vintém e as manifestações contra o aumento da passagem de ônibus de junho de 2013.

 

Objetivos

Compreender o contexto histórico, social e político que permitiu a eclosão da Revolta do Vintém no Rio de Janeiro, em 1879-1880.
Compreender a Revolta do Vintém como resultado do descontentamento das classes populares às truculências e descaso do governo de D. Pedro II.
Entender as relações entre a Revolta do Vintém, o movimento republicano e o enfraquecimento das instituições monárquicas.
Estabelecer relações entre a Revolta do Vintém e as manifestações contra o aumento da passagem de ônibus de junho de 2013.
 

1ª Etapa: Procedimentos de Leitura

Antes de iniciar as atividades, consulte os conteúdos sugeridos nos ‘links’ da área Para organizar o seu trabalho e Saber mais”

 

Primeiramente, peça aos alunos que leiam com atenção o texto Revolta do Vintém [8] ou Revolta do Vintém: o povo contra o aumento da passagem de bonde [link 9]. Solicite aos alunos que, à medida que lerem o texto, anotem informações referentes à revolta, tais como:

 

Localização;

Causas;

Objetivos;

Sujeitos (Participantes);

Resultado.

 

Esse “mapeamento” do texto é de extrema importância para a etapa posterior do trabalho, que exigirá uma identificação de semelhanças e diferenças de dois contextos históricos.

 

2ª Etapa: Tabela Comparativa e Produção do Texto

Depois da leitura atenta do texto-base e dos registros individuais, peça aos alunos que leiam a notícia ‘Não são só 20 centavos’, dizem manifestantes na avenida Paulista [link 11], publicada no caderno Cotidiano em junho de 2013,  identificando as mesmas informações, seguindo os critérios definidos na tarefa anterior. Depois do levantamento das informações, oriente os alunos a montar uma tabela comparativa, colocando em paralelo os critérios de ambos os contextos históricos:

 

Depois do preenchimento da tabela, proponha a construção de um texto dissertativo, em que o aluno terá de relacionar os dois contextos históricos, utilizando os dados levantados na tabela: as semelhanças e as diferenças de ambos os movimentos. Defina os critérios para a construção do texto, de acordo com as expectativas de aprendizagem propostas. Exemplo:

 

Critérios de construção dos textos:

 

Lembre-se: um  texto  dissertativo,  pressupõe  começo  (introdução),  meio (desenvolvimento) e fim (conclusão);

Atenção à coerência, coesão e ortografia de seu texto;

Mínimo de 20 e máximo de 30 linhas;

A argumentação é o que sustenta o seu ponto de vista e opnião expressa.

Por fim, dê um título ao seu texto.

 

3ª Etapa: Exibição de vídeos e Debate

Depois da produção dos textos e de suas correções, dê uma devolutiva à sala pontuando as potencialidades e fragilidades apresentadas nos textos, relacionando-as com as expectativas de aprendizagem anteriormente explicitadas.

 

Feito isto, exiba os vídeos Minissérie Chiquinha Gonzaga – Episódio 55 [link 12] e Documentário 20 centavos (Trailer) e oriente os alunos a fazerem anotações das informações que eles julgam importantes, assim como as dúvidas. Importante ressaltar que a minissérie é uma representação de um contexto histórico e, portanto, não é a realidade em si. Desse modo, faz-se necessário identificar as escolhas (falas, personagens, cenário, conflitos etc.) e dramatização apresentada na película. Essa mesma observação deverá feita ao documentário, uma que vez – por ser um evento próximo -, tende-se à compreensão de que é a realidade bruta, sem recortes e intenções. 

 

Provoque um debate a partir da consigna “A revolta do passado (século XIX) e o movimento de 2013 não foram apenas por um vintém, tão pouco por 20 centavos”, a fim de estimulá-los à reflexão e à compreensão dos processos históricos de modo mais complexo, permitindo identificar os sujeitos, os interesses políticos envolvidos, assim como as contradições postas. 

 

Os alunos poderão, em um primeiro momento, refletir e registrar individualmente seu ponto de vista e argumentações e, depois, compartilhar com a sala. Dessa maneira, garante-se uma participação de todos no debate com mais qualidade.

 

4ª Etapa: Exibição de vídeos e Debate

Depois da produção dos textos e de suas correções, dê uma devolutiva à sala pontuando as potencialidades e fragilidades apresentadas nos textos, relacionando-as com as expectativas de aprendizagem anteriormente explicitadas.

 

Feito isto, exiba os vídeos Minissérie Chiquinha Gonzaga – Episódio 55 [link 12] e Documentário 20 centavos (Trailer) e oriente os alunos a fazerem anotações das informações que eles julgam importantes, assim como as dúvidas. Importante ressaltar que a minissérie é uma representação de um contexto histórico e, portanto, não é a realidade em si. Desse modo, faz-se necessário identificar as escolhas (falas, personagens, cenário, conflitos etc.) e dramatização apresentada na película. Essa mesma observação deverá feita ao documentário, uma que vez – por ser um evento próximo -, tende-se à compreensão de que é a realidade bruta, sem recortes e intenções. 

 

Provoque um debate a partir da consigna “A revolta do passado (século XIX) e o movimento de 2013 não foram apenas por um vintém, tão pouco por 20 centavos”, a fim de estimulá-los à reflexão e à compreensão dos processos históricos de modo mais complexo, permitindo identificar os sujeitos, os interesses políticos envolvidos, assim como as contradições postas. 

 

Os alunos poderão, em um primeiro momento, refletir e registrar individualmente seu ponto de vista e argumentações e, depois, compartilhar com a sala. Dessa maneira, garante-se uma participação de todos no debate com mais qualidade.

 

5ª Etapa: Sistematização do Conteúdo: Construindo um Panfleto.

Depois da aula expositiva dialogada, peça à sala que construam um panfleto-convite sobre/para a Revolta do Vintém, em grupos de no máximo 5 alunos, cujo mote poderá ser “Não é só por um vintém”. Como todo panfleto que convida as pessoas a uma manifestação ou protesto, o mesmo precisa conter informações importantes, tais como:

 

• Localização, dia e hora do protesto – estes terão de estar no recorte temporal/histórico de 1879-1880.

• As causas da insatisfação.

• Os objetivos do protesto/da revolta.

• Imagens convincentes – propaganda para uma maior adesão ao movimento.

• Nomes dos líderes (assinatura) – no caso, o nome dos próprios alunos.

 

Peça aos alunos para pesquisarem alguns exemplos de panfletos dos mais diversos “tipos” de movimentos sociais, para servir de base à construção. Os panfletos poderão ser feitos à mão ou na ferramenta de design gráfico Canva, que possui uma versão gratuita na internet, veja a orientação para o uso do aplicativo no link 14 da área Para organizar o seu trabalho e saber mais.

 

Materiais Relacionados

1. JESUS, Ronaldo Pereira de Jesus. A Revolta do Vintém e a crise da monarquia. Revista História Social. Campinas-SP: IFCH – Unicamp, n. 12, pp. 73-89, 2006.  
 
2. GRAHAM, S. L. O Motim do Vintém e a cultura política no Rio de Janeiro – 1880. Revista Brasileira de História. São Paulo, v.10, n.20, pp.211-232, mar./ago. 1991.
 
3. SOUZA, Silvia Cristina Martins de. História e Política em Canções, Poemas e Crônicas Publicadas no Rio de Janeiro no Tempo da Revolta do Vintém. V Congresso Internacional de História. Universidade Estadual de Maringá, 2011.
 
4. AGOSTINI, Ângelo. Revista Illustrada. Rio de Janeiro: Anno 5, janeiro de 1880, nº 189.               
 
5. CARVALHO, José Murilo de. Os Bestializados – O Rio de Janeiro e a República que não foi. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.
 
6. SCHWARCZ, L. K. M. As barbas do imperador: D. Pedro II, um monarca nos trópicos. São Paulo: Companhia das Letras, 1998
 
7. Revolta do Vintém – Brasil Escola 
 
 
 
 
11. Minissérie Chiquinha Gonzaga – A Revolta do Vintém (Episódio 55)  
 
12. Documentário 20 centavos (Trailer Oficial – 2014) – Tiago Tambelli 
 
13. Ilustração – A Revolta do Vintém
 
 
 
 
14. Para usar o aplicativo Canva, basta se cadastrar, por email ou por facebook. Há alguns recursos que são pagos, mas a maioria deles é gratuita, site oficial https://www.canva.com
 

Arquivos anexados

  1. A Revolta do Vintém e a crise do Segundo Reinado

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

wpDiscuz

Talvez Você Também Goste

Canudos: Primeira República – os conflitos

Entenda a origem dessa guerra e também sobre o Coronelismo no Nordeste do Brasil

Avatar Autor: Júlia Bittencourt

Realidade indígena no Brasil

Plano de aula aborda parte da história dos povos nativos do país

Avatar Autor: Júlia Bittencourt

Fluxos migratórios: Movimentos populacionais

Entenda quais são os motivos e as questões geográficas envolvidas nas migrações

Avatar Autor: Professora Júlia Bittencourt

Alfabetizando com a biografia do Ziraldo

Saiba como utilizar a história do autor para ensinar a escrever e ler

Avatar Autor: Professora Iracema Mendes Santos Alves

Receba NossasNovidades